Festa Literária de Maricá promoveu noite com os escritores

Compartilhe essa matéria:

Festa Literária de Maricá (Flim) promoveu noite com os escritores

Na quarta-feira passada, 30/10, a Festa Literária de Maricá promoveu pela primeira vez uma noite para os escritores da região. Esta noite dedicada à eles foi realizada na Tenda do Saber, montada na Praça Orlando de Barros Pimentel, no Centro.

Assim, os escritores puderam apresentar suas obras. Além disso, aconteceram debates e interação entre platéia e autor para responder dúvidas. Uma das autoras de Maricá convidada foi Alessandra Honorato. Ela recentemente participou da XIX Bienal do Livro do Rio, no Riocentro. De acordo com Alessandra Honorato ela é fruto da Flim, pois após participar da feira em 2017 e de outros eventos, ela conseguiu expor seus textos guardados e compartilhar entre amigos. Por isso, considera a Flim um crescimento dela como pessoa e como profissional. Acima de tudo, como escritora.

Segundo outro escritor, Manoel Lago, a Flim comprova que o investimento do poder público em Educação e Cultura dão resultados.

“Em 2013 éramos apenas seis e hoje somos mais de 30, o que comprova que o investimento do poder público em Educação e Cultura vale muito a pena. Não seriamos ninguém se não existisse a Flim para expor e vender nossos livros. Felizmente estamos tendo muito sucesso”.

Um dos autores que também participou do evento foi Cesar Brum, autor do livro “Contando a História de Maricá. De acordo com Cesar, ele quer utilizar seu livro onde ele aborda os aspectos gerais, sociais, econômicos e políticos de Maricá para passar para as pessoas um pouco da sua história e experiência.

Já o autor do livro “Minha Poesia é Você”, Altamir Costa, vê a Flim como um evento importante onde os autores podem trazer um pouco dos seus sonhos e dos seus sentimentos. Assim, sua inspiração para escrita é o amor, pois ele acredita que o amor pode mudar as pessoas.

 

Resultado da Festa Literária de Maricá

Festival Literário de Maricá
Foto: Marcos Fabrício

 

Os autores que participaram da Flim, Festa Literária de Maricá, estão muito felizes do resultado. Assim, quem participa há anos pode ver o crescimento do evento.

Um dos escritores e palestrante presente na noite de escritores foi Chico Moura, morador da Barra de Maricá. Neste ano completou sua quinta participação no Festival Literário de Maricá e ficou feliz com o resultado.

“Fiquei impressionado com a quantidade de gente visitando a feira e a vitalidade das pessoas que estão aqui trabalhando e tornando essa festa literária uma realidade. Na minha avaliação não existe nada mais precioso que cultura. Isso aqui é um momento muito especial na minha vida. Estou muito feliz por ter participado da quinta edição da Flim”.

Segundo a professora Cristiane Bittencourt, 42 anos, moradora de Niterói, o encontro de autores serve como um incentivo a cultura para os alunos da rede municipal que sonham em ser escritores. Além disso, a feira possibilita a essas pessoas o acesso ao livro. E, por isso, Maricá mais uma vez sai na frente como um município que adota politicas públicas que incentivam a leitura e a cultura do seu povo.

 

 

Enfim, veja também: Parques temáticos são isentos de impostos


Compartilhe essa matéria:
Mirian Camargo

Mirian Camargo

Olá! Sou Mirian Camargo, graduada em Cinema e formada em Teatro. Trabalhei com produção e continuidade durante alguns anos. Desde muito nova, sempre amei escrever e tenho algumas poesias. Sou apaixonada por filmes, livros, poesias e dramas. Amo a cultura Asiática! Este será o nosso canal de encontro! Dicas e sugestões, podem enviar e-mail para [email protected]