Turismo Religioso – I Seminário do Rio de Janeiro

Compartilhe essa matéria:

A pluralidade das religiões e suas potencialidades turísticas foram os destaques do I Seminário de Turismo Religioso do Estado do Rio de Janeiro – “Fé no Turismo”. Promovido pela Secretaria de Estado de Turismo (Setur-RJ), o encontro aconteceu nessa sexta-feira (29/11), no auditório do Museu Histórico Nacional, no Centro, e reuniu autoridades, lideranças religiosas, empresários, acadêmicos e especialistas em quatro mesas de debates. Mais de 250 pessoas participaram do “Fé no Turismo”.

Antes de mais nada, a subsecretária de Turismo, Adriana Homem de Carvalho, fez a abertura do Seminário e destacou a amplitude da cadeia produtiva que envolve o segmento, com ênfase, nas potencialidades de eventos de ampla magnitude.

O evento religioso é muito importante pela quantidade de atores envolvidos e por essa razão abrimos esse espaço, como forma de discutir maneiras de fomentar o segmento, que ainda tem muito para ser explorado.

O Seminário teve como objetivo traçar políticas públicas para o desenvolvimento de produtos e roteiros de Turismo Religioso no Estado. A ideia é a realização de um mapeamento preliminar das vocações fluminenses do ramo; com a abordagem de temas que dão suporte à iniciativa. Na ocasião, a Setur-RJ apresentou o Calendário de Eventos de Turismo Religioso do Estado do Rio de Janeiro.

De acordo com Otavio Leite, secretário de Estado de Turismo:

“O calendário congrega alguns dos importantes eventos, datas e acontecimentos de natureza eminentemente religiosa que atraem, às vezes, milhares de pessoas. É um calendário vivo que, permanentemente, será aperfeiçoado e nele se incluirão outras atrações e novas possibilidades. Mas, neste instante, a primeira edição será divulgada e encaminhada para os agentes de viagem; e para todos que trabalham com turismo.”

 

Congresso Internacional de Turismo Religioso

Convocados pelo Coordenador do Núcleo de Turismo Religioso da Setur-RJ, Sandro Capadócia, representantes de diversas religiões fizeram um ato de união segurando um cajado. A saber; o cajado é o símbolo da 16ª edição do Congresso Internacional de Turismo Religioso Sustentável. Além disso,  a 16ª edição está prevista para acontecer em abril de 2020, no Rio de Janeiro.

Disse Sandro Capadócia, durante a foto oficial com as lideranças:

Este ato é o símbolo da união entre as crenças e o Turismo Religioso. Juntos somos mais fortes.

Sendo assim, durante o evento, sete painéis de debates foram apresentados com os respectivos temas:

  1. “Roteirização em Turismo Religioso: os caminhos da fé”;
  2. “Festas e celebrações de fé e tradição: o lugar dos eventos no Turismo Religioso”;
  3. “Marketing turístico de destinos de fé”, “Agenciamento Emissivo e Receptivo em Turismo Religioso”;
  4. “O Trade Turístico como Propulsor do Turismo Religioso no Estado do Rio de Janeiro”
  5. “Patrimônio, Cultura e Turismo Religioso”
  6. “Fé, Turismo e Sustentabilidade”.

Portanto, todas as mesas contaram com a participação de especialistas que discutiram os temas com o público presente.

Então, participaram do evento representantes do Budismo, da Umbanda, do Catolicismo, Ciganos, Hare Krishna, Judaísmo, Matrizes Africanas, Islamismo, Espiritismo, Xamanismo, Evangélicos, Pajelança, Paganismo, Catimbó e Fé Bahá’í.

Enfim, veja também:

>>Representantes de países latinos visitam aldeia em Maricá


Compartilhe essa matéria:
Samantha Carvalho

Samantha Carvalho

O que dizer sobre mim? Bom, acho que devo ser breve. Sou uma pessoa apaixonada por moda e beleza, vou manter vocês bem atualizados sobre as novas tendências do momento. Além disso, vou estar sempre buscando notícias sobre Maricá e levarei até vocês. Fiquem ligados na M1News.