Atletas do Tiro com Arco de Maricá: entrevista M1NewsTv

Compartilhe essa matéria:

Maricá já se tornou a referência nacional com seus atletas do Tiro com Arco nas suas categorias infantil, cadete e juvenil. E, dessa vez, irá sediar uma etapa de um Sul Americano com pontos para o ranqueamento mundial. Desse modo estarão competindo, mais de 70 atletas, de vários países, a saber: Brasil, Bolívia, Argentina, Chile, Colômbia, Equador, as Ilhas Virgens (Britânica e norte-americanas), Paraguai, Peru, além de Trinidad e Tobago. As eliminatórias começaram dia 29/09 e irão até 04/10 na sede do CBTArco (Itapeba). Já as finais do arco recurvo e composto acontecem nos dias 5/10 e 06/10 em plena Praça Orlando de Barros Pimentel (Centro). Nesse sentimento de competição e homenagem, a M1News entrevistou, ao vivo, três premiadíssimos atletas do Tiro com Arco de Maricá.

Veja aqui os nossos atletas e sua entrevista ao vivo nos estúdios da M1NewsTv

 

Então, vamos conhecer esses atletas do Tiro com Arco?

Emanuel Gravano, 13 anos, medalha de ouro. Desde o ano passado, o atleta é o recordista nacional de competições outdoor (em área aberta) com 698 pontos. Além disso, em julho/2019, conquistou novo recorde para indoor (ambiente fechado) 576 pontos; de acordo com a confederação, um feito inédito. Apesar de ser um dos últimos a despontar no time dos atletas, sua  imagem é vista no cartaz que fica na entrada da CBTarco.

Natália Brizolla, 14 anos, bicampeã brasileira infantil, conquistou medalhas de prata e ouro em disputas na categoria infantil feminina. Foi sua sua última competição nesta categoria.

Bruna Figueiredo, 14 anos, medalha de bronze pela categoria infantil e bicampeã.

Nesse papo gostoso, eles falam como surgiu a paixão pelo esporte que praticam, suas rotinas diárias. Além disso, Bruna revela que ainda pratica outra atividade física. Falam sobre o sentimento de participar de um campeonato na sua casa, suas emoções no momento da competição. Explicam como se preparam psicologicamente para superar a tensão, ansiedade e cobrança às vésperas de competições. Destacando o que consideram como principal no momento do lançamento. Do mesmo modo, completam sobre ingressos do pleito da bolsa atleta.

Enfim, os atletas também nos falam de seu relacionamento com sua coordenadora técnica, Dirma Miranda, que mesmo no rigor dos treinos é carinhosa. Conforme nos confidenciam, Dirma é responsável por obter o melhor de cada um, visto sua confiança e perseverança.

 

 

 Enfim, veja também:

 

Atleta de Maricá coloca o Brasil em Tóquio

 

Tiro com Arco – É nesta quarta-feira!

 


Compartilhe essa matéria:
Simone Boechat

Simone Boechat

Curso Livre de Telejornalismo pela FASUL - Faculdade Sul Mineira e pós graduanda em Jornalismo Esportivo pela UNINTER - Centro Universitário Internacional.